Livro Cortejo - frente e verso

Garanta o seu exemplar!

Fragmento do poema do livro Cortejo de Mell Renault

Vamos, Maria,
o dia chegou
o sol já raiou
a casa acordou
café está no bule
pão quente na mesa
leiteiro na carroça
anunciando a promoção.
Vamos, Maria,
é hora primeira
hora da reza
do sinal da cruz.
Vê, Maria,
essa é a lida
sina comprida
de longa passagem
que você bem sabe
onde vai dar.
Maria,
passarinho canta
cachorro late
e a meninada passa
passa contente
passa cantante
fazendo barulho
para a vida que passa.
Vamos, Maria,
é dia
sol quente
é dia, Maria,
chão de terra
já pisado
horta já está molhada
não importa
se segunda ou sábado
é dia, Maria,

a roupa estendida
no varal
camisa, calça
lençol branco bordado
toalha de mesa rasgada.
Maria, vamos
seu João já foi com a enxada
seu Zé já está no boteco
Joana já começou a novena
Alice casa amanhã.
Vamos, Maria,
é hora,
o tempo é agora
e é a sua vez.
Maria,
sei
a estrada é comprida
o dia é quente
dá muito trabalho
para a vida andar
mas, você sabe,
é preciso
labuta, suor
lavar, passar, cozinhar
rezar aqui
benzer acolá
cozer feijão e angu
farinha
ir à vila buscar
vida temperada
de idas e vindas
e flores alegres
no quintal.
Maria, Maria,
você conhece a sina
o sono
o sonho
a fé que não cessa
(…)


Página inicial

Compre o livro Cortejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.